OPEN BANKING, INOVAÇÃO NO MERCADO FINANCEIRO BRASILEIRO.

O Open Banking é um sistema financeiro gratuito que promete conceder mais autonomia para as empresas e pessoas físicas gerenciarem suas finanças. Um avanço significativo em termos de digitalização, dinamização e transparência.

No Brasil, o Open Banking (Banco Aberto) está em fase de implantação e envolve o compartilhamento de dados bancários concentrados em produtos de bancos e fintechs, desde que autorizado pelos correntistas.

A evolução do Open Banking no Brasil

Após o período de implantação, o mercado financeiro brasileiro irá apresentar um modelo inovado do Open Banking com o Open Finance (Sistema Financeiro Aberto) que tem a mesma definição e objetivos, porém é o compartilhamento padronizado de dados sobre produtos, informações financeiras e serviços pelas instituições autorizadas pelo Banco Central.

Com a evolução de Open Banking para Open Finance será possível expandir a funcionalidade para mais instituições além dos bancos e fintechs, incluindo empresas como corretoras de investimentos e câmbio, além dos fundos de previdência, oferecendo para os usuários experiências mais completas.

Esses novos modelos de sistemas financeiros, permitem que os correntistas sejam “donos” de suas próprias contas, sendo possível selecionar as melhores vantagens de cada instituição. Além disso é possível visualizar em um único local todas as informações financeiras.

De acordo com o Bacen, através dessa estrutura haverá mais disputa entre as instituições financeiras que poderão oferecer produtos e serviços mais vantajosos levando em consideração o que é oferecido pelo concorrente, analisando individualmente o perfil, necessidades, objetivos e interesses dos consumidores, dando autonomia para que os clientes sejam os donos de suas contas e decidam pela melhor opção no momento de investir ou solicitar um empréstimo, por exemplo.

As principais vantagens do Open Banking para os clientes são:

- Acesso rápido e facilitado as informações financeiras.

- Acessos para utilização gratuita. As instituições financeiras não podem cobrar pela oferta do serviço, além disso os consumidores podem escolher como, quando e com quem compartilham as informações;

- Os extratos de movimentações das contas podem ser visualizados em apenas um local;

- A contratação dos serviços financeiros também pode ser solicitada com o uso apenas de uma ferramenta, onde é possível comparar e avaliar as ofertas das instituições.

Para as empresas a expectativa é de novas oportunidades de negócios, além de facilitar a entrada de novos serviços financeiros. Com o Open Finance qualquer empresa poderá melhorar a experiência do consumidor além de ter o ensejo de competir com os concorrentes, oferecendo melhores condições aos clientes, aumentando assim a possibilidade de crescimento do negócio.

As fases de implantação do sistema

A implantação do Open Banking no Brasil está acontecendo em algumas etapas. O projeto teve início em fevereiro de 2021 com o compartilhamento de dados sobre canais de atendimento, produtos e serviços relacionados às contas, cartão de crédito e operações de crédito ao público.

A segunda fase iniciou em julho, com o compartilhamento dos dados cadastrais e transacionais dos usuários que autorizaram os acessos.

a terceira fase iniciou em agosto com a inicialização das transações de pagamentos e o encaminhamento de propostas de operações de crédito.

Por fim, a quarta fase dará abertura ao Open Finance com o compartilhamento de operações de câmbio, investimentos, seguros, previdência e conta salário.

É importante lembrar que todas as instituições adeptas ao Open Finance devem estar respaldadas pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais) para que a funcionalidade seja segura para os usuários.

Assim como aconteceu com o PIX, para que o Open Finance alcance os objetivos estabelecidos pelo Banco Central, é necessário que os usuários façam a adesão ao sistema.

Considerando que estão compartilhando seus dados em ambientes seguros e que a funcionalidade não oferece risco aos adeptos, a inovação no sistema financeiro oferece muitas vantagens tanto para aos clientes quanto para as instituições financeiras.

Fontes: Open Banking No Brasil. Banco Central do Brasil, 2021. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/detalhenoticia/17307/nota Acesso em: 15, Agosto de 2021.

Conselho Monetário Nacional e Banco Central regulamentam o Open Banking no país. Banco Central do Brasil, 2021. Disponível em: https://www.bcb.gov.br/detalhenoticia/448/noticia Acesso em: 18, Agosto de 2021.


Mayara Vian

Gestora Gestão Financeira

26 visualizações0 comentário

© 2021 ABordin - Todos os Direitos Reservados